domingo, 1 de dezembro de 2013

Desafio salgado e tão nosso!!!!


Sétima edição e última de 2013 do "Dia Um...na Cozinha"  é mais uma grande desafio.

Vou ser sincera, quando vi o tema fiquei um pouco triste "mas só por ser salgado" porque depois de alguma pesquisa o entusiasmo tomou conta de mim. Um  "Strudel Salgado" é o tema de Dezembro, um strudel  é um tipo de doce ou salgado em camadas e enrolado com recheio no seu interior.
A minha sugestão é um Strudel de Bacalhau e Grelos, a receita original é do Chef José Avillez mas fiz umas modificações ao meu gosto e a receita fica assim:




Ingredientes:
1 posta de bacalhau com cerca de 400 g  
250 g de grelos congelados 

1 cenoura ralada
400 g de massa folhada 
1 folha de louro 
Azeite q.b. 
1 cebola 
1 dente de alho 

75 g de manteiga 
100 g de farinha 
1 gema de ovo 
500 ml de leite 
Sal q.b. 
Pimenta q.b 
Noz-moscada



Preparação:
Coza o bacalhau com a folha de louro e um fio de azeite. Desfie-o e reserve a água.
Numa frigideira anti-aderente, salteie os grelos com um fio de azeite e junte-lhe a cenoura ralada.
Leve uma panela ao lume e coloque a manteiga. Deixe derreter e junte a farinha até ficar homogéneo. Junte a água da cozedura do bacalhau e o leite até obter alguma consistência. Adicione sal, pimenta e noz-moscada.
Faça um refogado com a cebola picada e o alho. Junte o refogado ao molho branco e envolva o bacalhau, previamente desfiado, os grelos e a cenoura.
Rectifique os temperos e deixe arrefecer. Numa bancada polvilhada com farinha, estenda a massa folhada, espalhe o recheio e faça um rolo, fechando as pontas.
Pincele com a gema de ovo e leve ao forno previamente aquecido a 180º C durante aproximadamente 25 minutos.
Sirva acompanhado de uma salada de Agriões. Bom apetite.






Somos Reis do Bacalhau
que chega da Terra Nova
cozinhá-lo é uma arte
que nos sempre põe à prova.

É o mais fiel amigo
do português andarilho
tão fiel como o cão
e servindo pai e filho.

Pode se servir cozido
numa ampla travessa
que leva couves e grelo
e nunca trai a promessa

O que seria de nós
sem este prato tão nosso?
Continua a estar presente

ao jantar e ao almoço!