sábado, 26 de outubro de 2013

Soneto de aniversário

Fazer aniversário é ter a certeza de que ao menos uma vez ao ano a vida será vista de uma maneira diferente. Fazer aniversário é brincar de crescer e quem sabe mais tarde virar "gente". 
É sorrir sem ter motivo ou chorar pela mesma coisa. É ter de novo a certeza de que os sonhos ainda poderão se realizar. 
É reconhecer que amigos se importam com a sua importância.
 É contar o tempo que se viveu e o que se deixou de viver. 
É luz na escuridão. 
É lembrar da vitória de um dia ter sido embrião. 
É aprender a valorizar o tempo. 
É contar com a presença dos ausentes. 
É tornar novo o que se fez velho. 
É fazer do novo o sempre. 
Enfim,fazer aniversário é contar, os minutos, as horas os dias meses e anos,e muito mais que tudo isso, Fazer aniversário é saber que só se nasce uma vez e que por isso a oportunidade de viver é única e isso torna o valor da vida sem valor, porque fazer aniversário é viver sem preço, mas viver feliz.



A receita que vos trago foi para uma aniversariante especial, uma amiga e vizinha que me pediu este bolinho. Para quem é amante de café a receita deste bolinho é a ideal pois o Creme Moka é tipo creme de manteiga com sabor a café. A receita é da minha amiga Vaqueiro

Bolo Moka

Ingredientes:
180 g de açúcar
50 g de margarina Vaqueiro
6 ovos + 1 clara
200 g de farinha
1 colher de chá de fermento em pó
2 colheres de sopa de licor de café
50 g de avelãs (UTILIZEI AMÊNDOA)

Para o creme moka: 
250 g de margarina Vaqueiro
150 g de açúcar em pó
2 colheres de sopa de café solúvel
1 colher de sopa de água
1 ovo + 1 gema

Preparação:
Bata o açúcar com a margarina Vaqueiro até obter um creme fofo.
Junte as gemas, uma a uma, e continue a bater.
Peneire a farinha com o fermento e bata as claras em castelo bem firme. Adicione a farinha e as claras à massa, alternadamente e sem bater, envolvendo apenas.
Divida a massa por duas formas com cerca de 20 cm de diâmetro,previamente untadas com margarina Vaqueiro e polvilhadas com farinha.
Coza em forno moderado (200° C) durante cerca de 30 minutos.
Entretanto prepare o creme, batendo energicamente a margarina Vaqueiro com o açúcar em pó até obter um creme fofo. Adicione o café solúvel, previamente dissolvido na água a ferver e misture bem.
Junte o ovo e a gema, desfeitos, e continue a bater até obter um creme leve, fofo e homogéneo.
Desenforme os bolos e deixe arrefecer sobre uma rede. Quando estiverem completamente frios corte cada bolo ao meio no sentido horizontal. Borrife cada placa de bolo com o licor de café, barre com uma camada do creme preparado e sobreponha as placas. Barre toda a superfície do bolo com o restante creme e, com um garfo desenhe umas ondas. Pique grosseiramente as avelãs (utilizei amêndoa) e distribua-as pelas paredes laterais do bolo.